Você sabia que, por lei, todo ambiente de grande circulação, como shoppings, casas de shows, cinemas, entre outros, precisa ter um bebedouro acessível? Ou seja, o equipamento, além de estar disponível, deve atender às pessoas com necessidades especiais.  

E não é só isso! Depois de instalado, esse bebedouro precisa ter uma manutenção igual a qualquer outro, com peças e componentes trocados com certa frequência, a fim de garantir sempre uma água pura e potável aos indivíduos.

Quer conhecer um pouco mais sobre o assunto e ainda ver o que precisa ser feito para ter um bebedouro acessível sempre disponível e adequado para o consumo? Então, continue com a gente e confira as dicas a seguir! 

Afinal, o que diz a lei sobre bebedouro acessível? 

De acordo com a Lei 3262, é obrigação dos espaços, como casas de espetáculos, shoppings, parques, cinemas e danceterias, fornecer água potável gratuitamente para seus clientes, além de os bebedouros serem próprios para o uso por qualquer pessoa. 

Sendo assim, a ideia de bebedouro acessível deve levar em consideração o local da instalação, com acesso facilitado, rampas, corredores largos, altura adaptada e sem obstáculos no caminho. Como vimos, também é preciso garantir uma manutenção frequente do equipamento. 

Quais as vantagens de instalar um bebedouro acessível? 

O bebedouro acessível conta com uma tecnologia de refrigeração para manter a água sempre fresca e, ao mesmo tempo, consome o mínimo de energia possível 

Além disso, esses equipamentos são desenvolvidos com materiais de alta resistência, o que permite a instalação tanto em ambientes internos, como nos externos. 

Por fim, o bebedouro acessível conta com um sistema de purificação da água bem completo e eficiente, garantindo a retenção de partículas de sujeira, reduzindo os níveis de cloro e controlando a proliferação de bactérias. Ou seja, garante uma água mais potável e limpa.

Quais as peças e componentes para a manutenção do bebedouro acessível? 

Para garantir a manutenção adequada de seu bebedouro acessível, é recomendado realizar a substituição de algumas peças quando necessário, em especialmente o filtro. Também é preciso manter a limpeza do ambiente e do próprio equipamento. 

O período de troca das peças deve ser orientado nos manuais do bebedouro. Já em caso de problemas com a temperatura, tanto a interna como a externa, outro componente que deve ser substituído é o termostato.

Por fim, como dica de instalação, é recomendado buscar bons parceiros, como a CANOVAS. Essa é uma marca referência no desenvolvimento de bebedouros acessíveis, com uma variedade de modelos, excelente custo-benefício e material de alta resistência. Além disso, conta com peças e componentes de reposição muito fáceis de serem encontrados. 

Em resumo, instalar um bebedouro acessível não se trata apenas de seguir a lei, mas também de garantir o bem-estar e o acesso fácil a uma água potável e refrescante para os clientes. Portanto, todo estabelecimento deve oferecer o equipamento, adaptar o ambiente e realizar a sua devida manutenção! 

Curtiu o nosso post? Quer saber onde encontrar os melhores modelos de bebedouros do mercado, além de peças e componentes de reposição? Acesse nosso site e navegue por nosso catálogo! 

Powered by Rock Convert